O Linux é a melhor opção

Posts Tagged ‘software livre

Caros leitores,
Já chegou finalmente a primeira versão do KDE Frameworks 5 desde o dia 1 de Julho, com excelentes novidades, neste novo ciclo de desenvolvimento do KDE 😉
O KDE Frameworks 5 herdou e melhorou toda a experiência, maturidade e estabilidade encontrada nas versões (ou releases) 4.X.
As grandes novidades desta versão, são a reorganização das bibliotecas do KDE (kdelibs), e a nova versão do plasma designado por plasma next ou plasma 2.

 

Reorganização das bibliotecas do KDE

Reestruturação do kdelibs

Reestruturação do kdelibs

As bibliotecas do KDE são atualmente a base de código comum para (quase) todas as aplicações do KDE. Eles fornecem a funcionalidade de alto nível, como barras de ferramentas e menus, verificação ortográfica e acesso ao arquivo.
Atualmente o kdelibs é distribuído como um único conjunto de bibliotecas integradas.

Com o KDE Frameworks 5, essas bibliotecas foram reformuladas num conjunto de módulos multi-plataforma e independentes, estruturadas em categorias e níveis consoante ilustrado na figura à direita, que estarão disponíveis para todos os desenvolvedores do Qt.

 

Nova versão do plasma

A nova versão do plasma está muito mais limpa e moderna, o que melhora o contraste e reduz a poluição visual em todo o ambiente de trabalho, e traz um maior nível de flexibilidade e consistência.

Agora deixo-vos 2 vídeos da nova versão do plasma, que é de ficar de boca aberta, o novo plasma está mesmo muito fascinante 😀

Links
https://dot.kde.org/2013/09/25/frameworks-5
http://www.kde.org/announcements/plasma5.0-beta2/

Anúncios

Embora cada vez menos, ainda existe aquele mito de que o software livre não presta, o que é totalmente errado 😦
Hoje em dia, existe software livre de excelente qualidade (exemplo: Firefox) 😉
Na sequência dos últimos posts, desta vez vou abordar de um modo geral, o Software Livre disponível para Linux equivalente ao software existente para Windows.

Tipo de Software: Software para WindowsSoftware para Linux

  • Internet
    • Browsers: Internet Explorer – Firefox, Google Chrome, Konqueror
    • Correio electrónico: Outlook Express, Microsoft Outloook – Thunderbird, Evolution, Kmail
    • Mensageiros: Windows Live Messenger, Skype, Trillian – InstantBird, Pidgin, aMSN, Emesene, Ekiga
    • FTP: Dreamweaver, Smart FTP, Cute FTP – FileZilla, FullSync
    • Torrents: Vuze, Utorrent – QBitTorrent, FrostWire, Transmission, Deluge
  • Office
    • Suite de Office: Microsoft Office – LibreOffice, OpenOffice, Calligra
    • Gestão de Projectos: Microsoft Project – ProjectLibre, Planner
    • Ler PDFs: Adobe Reader – Okular, Evince
    • Converter para PDF:Acrobat Distiller, PDFCreator – Cups-pdf, LibreOffice, OpenOffice
  • Gráficos
    • Editores de Imagem: Photoshop, Corel Draw – Gimp, Inkscape
    • Gestão de fotos: Picasa – Digikam, ShotWell
    • Ver imagens: Visualizador de Fotografias (do próprio windows) – Gwenview, Eog, ShowFoto
  • Multimédia
    • Média Players: Windows Média Player, PowerDVD, Winamp – VLC, Mplayer, aTunes, Amarok, Musique, Clementine, Banshee, RhythmBox, Totem
    • Edição de áudio: Soud Forge – Audacity, Ardour
    • Gravar CDs / DVDs: Nero – K3b, Brasero
    • Fazer capas CDs / DVDs: Nero, Acoustica CD/DVD Label Maker – KoverArtist, CoverDesigner, Kcdlabel

Links
http://wiki.linuxquestions.org/wiki/Linux_software_equivalent_to_Windows_software

Se necessitarem de software específico ou acharem que falta algum software relevante, não hesitem em deixar nos comentários 😉

Boa tarde caros leitores,

Últimamente muito se tem falado acerca do final do suporte do Windows XP, o que na prática quer dizer que o seu computador ficará mais vulnerável a falhas de segurança, se mesmo assim continuar a utilizar o XP !
http://pplware.sapo.pt/informacao/custos-com-windows-xp-disparam-com-fim-do-suporte/

As principais alternativas disponíveis são: migrar para o Windows 8.1, para o MacOs ou para o Linux !
Aponto de seguida uma série de boas razões para migrar para o Linux, e digo com toda a certeza que tenho assistido a pessoas que utilizavam o Windows Xp e se aventuraram no Linux, mesmo não sabendo a bem dizer nada !

Segurança & Estabilidade
Não é por acaso que cerca de 90% dos servidores usam Linux !
O Linux é bastante mais seguro, além disso a maioria das distribuições do Linux já vêm com uma firewall bastante eficaz, o que de certo modo dá uma certa proteção ao utilizador !
Em regra geral, no Linux não há virus, spyware … o que quer dizer que nem precisamos de anti-virus, anti-spyware … o que de facto é mto bom 😉 Basta ver que por exemplo o Linux não corre nativamente exe’s !
Além disso o Linux é muito mais estável e é mto raro bloquear !

Fácilidade de utilização
Ao contrário que muitas pessoas possam pensar, o Linux não é apenas para programadores, utilizadores avançados, ou geeks !
Nunca foi tão fácil utilizar o Linux, e hoje em dia pode-se fazer a bem dizer tudo usando a interface gráfica, sem ter que recorrer ao terminal, quase todas as distros do Linux têm, uma central de programas, onde pode escolher que programas quer instalar de um modo simples e fácil de utilizar !
A instalação do Linux é muito intuitiva e fácil de utilizar !
Ou seja, não precisas de saber muito para utilizar o Linux 😉

Rápidez
O Linux bateu o recorde com apenas 20 segundos de boot ou de arranque ! 🙂
Além disso pode-se instalar os programas que quisermos que a rapidez do Linux não será afectada, falo por experiência própria 😉

Liberdade
A partir do momento em que passa a utilizar o Linux, acabaram-se as preocupações em arranjar cracks ou em pagar as licenças …. uma vez que no Linux é tudo software livre, e portanto a custo zero para o utilizador !
Claro que existem soluções entreprise para empresas que se pagam, mas isso é outra história !
Há quem diga que por ser gratuito não pode ser bom, é um dos piores mitos que pode haver sobre o software livre e o Linux que está completamente errado !
No Linux tb encontramos software livre de excelente qualidade 😉

Requer poucos recursos
Ao contrário do Windows, o Linux funciona com recursos mais modestos de hardware, inclusivé existem distribuições do Linux que rodam em máquinas antigas 🙂


Suporte
Existe uma infinidade de blogs, fóruns, comunidades … onde podes ir buscar informações e tirar as tuas dúvidas ! 🙂

Links
http://softwarelivre.org/mslguarulhos/software-livre-quer-um-motivo-para-usar-linux-te-damos-15

Estimados leitores,

Espero que tenham tido umas boas festas, e desejo a todos um bom ano 2014, que seja tão bom ou se possível melhor do q 2013 😉
Quero aproveitar a ocasião para agradecer, a todos aqueles que em 2013 visitaram este blog. e elevaram ainda mais as estatísticas anuais, comentando, partilhando nas redes sociais … 😉
Espero que neste novo ano de 2014 os posts sejam ainda mais, de boa qualidade, e que continuem a seguir este blog assiduamente e espero conseguir ter ainda mais seguidores …. !

Aproveito para divulgar as páginas nas redes sociais deste blog, que em 2013 aumentaram muito significativamente de número visitadores, as quais têm notícias diárias interessantes 😉
https://plus.google.com/b/113531263922758617384/
https://www.facebook.com/linuxbestchoice

Obrigado !

The WordPress.com stats helper monkeys prepared a 2013 annual report for this blog.

Here’s an excerpt:

The concert hall at the Sydney Opera House holds 2,700 people. This blog was viewed about 11,000 times in 2013. If it were a concert at Sydney Opera House, it would take about 4 sold-out performances for that many people to see it.

Click here to see the complete report.

O Fedora 20 tá quase a sair do forno, neste momento faltam precisamente 7 dias (1 semana), para sair o Fedora 20 Heisenbug a 10 de Dezembro de 2013, a nova versão da distro Fedora Linux 😉
Com a saída do Fedora 20, festeja-se precisamente 10 anos de projecto Fedora, parabéns 😀

Fedora 20

Fedora 20

Que novidades excitantes poderemos experar do Fedora 20 ?

  • GNOME 3.10, inclusivé o gestor de pacotes gnome-packagekit será substituido por um melhor chamado de gpk-update-viewer
  • KDE 4.11
  • XFCE 4.10
  • Kernel 3.11
  • Wayland – pela primeira vez poderão experimentar o Wayland, para já só no GNOME
  • Por omissão, o sendmail e o syslog não vêm instalados, se fôr preciso tem que se instalar à parte
  • Finalmemte o ARM é a arquitectura primária do Fedora
  • Melhoramentos na virtualização
  • NetworkManager melhorado

Links:
http://fedoraproject.org/wiki/Releases/20/ChangeSet
http://www.phoronix.com/scan.php?page=news_item&px=MTUzMDg

Bom dia caros leitores,

Hoje é com grande entusiasmo que anuncio o lançamento oficial do novo blog “Software Livre em Língua Portuguêsa” 😀
http://softlivrept.wordpress.com/

Este novo blog, promete fazer a diferença, e tem como principais objectivos:

  • Demonstrar que existe software livre alternativo ao software proprietário na maior parte dos casos, incentivando à utilização do software livre
  • Apoiar e manter informados todos os utilizadores que utilizem software livre

E tem algumas particularidades, que raramente se encontram noutros blogs:

  • Nível de acessibilidade: indicador que pretende medir o nível de acessibilidade para cada software, do estilo do rating das aplicações google play, com base nos comentários / críticas dos utilizadores
  • Uma secção de downloads que permite procurar fácilmente e fazer download do mesmo, e ver os comentários a ele associados.
  • Uma secção sobre Android, com vários artigos sobre acessibilidade do mesmo, smartphones com android, aplicações (com a indicação do nível de acessibilidade) … !
  • Uma secção de Documentação, contendo atalhos do teclado, tutoriais … sobre software livre !

Bom, se ficaste entusiasmado, então mais vale leres a mensagem de apresentação que está mais completa, o que puz aqui foi só um resumo dos pontos principais 😉
http://softlivrept.wordpress.com/2013/06/17/apresentacao-do-blog-software-livre-em-lingua-portuguesa/

Se tiveres interesse podes seguir os feeds do blog, como enunciado na mensagem de apresentação 🙂

Desta vez, vou-vos falar do Insync, uma execelente ferramenta de computação em nuvem,  para sincronização com o Google Drive 🙂
Porque infelizmente o Google Drive só está disponível para windows, mac, ios e android. 😦
Mas o Insync não fica nada atrás, bem pelo contrário, eles até dizem que o “Insync ama o Linux” 😀
O Insync permite uma perfeita infegração nas vários distros, e em vários ambientes de trabalho (eg. kde, gnome …) !

Eu aqui apenas vou exemplificar os passos para instalar o Insync, para as distros que suportam o APT ou o YUM, e para os ambientes gráficos GNOME e KDE, para os restantes poderão consultar a página oficial do Insync !

Nota: A versão 1.0 do Insync tá quase a sair do forno, confira aqui as novidades
https://forums.insynchq.com/discussion/1747/insync-1-0-release-candidate/p1

Através do APT

  1. Faz download do repositório insync
    $ wget -qO - https://d2t3ff60b2tol4.cloudfront.net/services@insynchq.com.gpg.key \ | sudo apt-key add -
  2. Edita o ficheiro /etc/apt/sources.list e acrescenta
    deb http://apt.insynchq.com/ [DISTRO] [CODENAME] non-free
    Exemplo: deb http://apt.insynchq.com/ubuntu Ubuntu 12.04 non-free
  3. Actualiza os repositórios no apt
    $ sudo apt-get update
  4. Instala o insync
    $ sudo apt-get install insync-beta-ubuntu insync-beta-gnome ou
    $ sudo apt-get install insync-beta-ubuntu insync-beta-kde, consoante o ambiente gráfico preferido.

Através do YUM

  1. Importa a chave pública do insync
    $ sudo rpm --import https://d2t3ff60b2tol4.cloudfront.net/repomd.xml.key
  2. Cria um novo ficheiro insync.repo dentro do directório /etc/yum.repos.d/ com o seguinte texto:
    [insync]
    name=insync repo
    baseurl=http://yum.insynchq.com/fedora/
    gpgcheck=1
    gpgkey=https://d2t3ff60b2tol4.cloudfront.net/repomd.xml.key
    enabled=1
    repo_gpgcheck=1
    metadata_expire=60m
  3. Instala o insync
    # yum groupinstall insync-beta-gnome ou
    # yum install insync-beta-kde, consoante o ambiente gráfico preferido.